Qual a característica do objeto para a pulsão segundo Freud?

Spread the love
Rate this post

Qual a característica do objeto para a pulsão segundo Freud?

Considerando a teoria pulsional, Freud afirma que constitui-se como objeto da pulsão todo objeto no qual ou através do qual a pulsão consegue atingir seu alvo. O objeto não é fixo, nem previamente determinado, é o que há de mais contingente no conjunto de elementos e processos presentes nos atos pulsionais.

Quais são os elementos da pulsão?

A elaboração do conceito de pulsão realiza-se por meio de seus quatro elementos: a fonte, quelle; a pressão, drang; a finalidade, ziel e o objeto, objekt.

O que é pulsão de morte segundo Freud?

A pulsão de morte era entendida por Freud (1920/1996b) como uma tendência que levaria à eliminação da estimulação do organismo. Assim, o trabalho dessa pulsão teria como objetivo a descarga, a falta do novo, a falta de vida, ou seja, a morte.

Qual a finalidade da pulsão?

O conceito de pulsão permite-nos, portanto, compreender os fenômenos psíquicos pulsionais como aqueles que representam, no sentido de estar no lugar de outra coisa. Isto é, a pulsão seria a representante dos estímulos corporais no psiquismo. Mas aqui Freud se depara com uma dificuldade inexistente em afasias.

O quê pulsão na psicanálise?

Pulsão (em língua alemã, Trieb; em língua inglesa, drive) designa, em psicanálise, um impulso energético interno que direciona o comportamento do indivíduo. … O conceito de pulsão foi utilizado por diferentes teorias da motivação, sendo as mais importantes a de Sigmund Freud e a de Clark L.

Quais são as quatro características fundamentais da pulsão?

Freud recordou, inicialmente, o caráter limítrofe (entre o psíquico e o somático) da pulsão, representante psíquico das excitações provenientes do corpo e que chegam ao psiquismo. Em seguida, descreveu as quatro características da pulsão: a “força” ou “pressão”, o “alvo”, o “objeto” e a “fonte”.

O que é fonte da pulsão?

A fonte (“Quelle”) da pulsão é o processo somático que dá origem à pulsão. O alvo (“Ziel”, também traduzido como finalidade, fim, objetivo ou meta) é a suspensão da estimulação na fonte, mas também são alvos as etapas intermediárias que possam levar a este alvo último.

Por que o princípio do prazer estaria a serviço da pulsão de morte?

Segundo Freud, a pulsão de morte se remeteria a um campo que se dirige para além do princípio do prazer, ou seja, não corresponderia à tendência do aparelho psíquico em abaixar seu nível de desprazer interno, de tal forma que sua presença poderia ser observada clinicamente através da compulsão à repetição do …

O que é um sintoma para a psicanálise?

Na prática da psicoterapia psicanalítica, os sintomas podem ser entendidos como atos, muitas vezes indesejados, que causam desprazer e sofrimento, gerando todo um dispêndio de energia e alguma (ou muita) paralisação do indivíduo na sua vida em geral.

O que significa objeto na psicanálise?

Na psicanálise, um objeto é uma representação mental de um objeto externo. Assim, não se fala em investimento de energia psíquica ou catexia em relação a objetos externos, mas sim em relação a suas representações na mente do indivíduo.

O que é pulsão para Freud e quais os seus destinos?

Logo no início do artigo As pulsões e seus destinos, Freud chama a pulsão de “conceito fundamental”[1], a qual atua como uma “força constante” no “interior do organismo”[2]. Em seguida acentua que a pulsão é uma exigência de trabalho imposta à mente em virtude de sua relação com o corpo.

Qual o nome dado para a seguinte conceituação carga energética que se encontra na origem da atividade motora do organismo e do funcionamento psíquico inconsciente?

Segundo Roudinesco&Plon (1998), Pulsão é um termo surgido na França em 1625, derivado do latim pulsio, para designar o ato de impulsionar, sendo empregado por Sigmund Freud a partir de 1905, e se tornando um conceito bastante utilizado na psicanálise, definido como a carga energética que se encontra na origem da

Qual é considerado um dos destinos da pulsão?

Nessa direção, Freud (1915) define quatro destinos possíveis para a pulsão: 1- Reversão ao seu oposto, o qual é desdobrado a partir de duas operações: mudança da atividade para a passividade e reversão de seu conteúdo; 2- Retorno ao próprio eu; 3- Recalque; e 4- Sublimação.

Qual objetivo da pulsão?

O conceito de pulsão permite-nos, portanto, compreender os fenômenos psíquicos pulsionais como aqueles que representam, no sentido de estar no lugar de outra coisa. Isto é, a pulsão seria a representante dos estímulos corporais no psiquismo.

Quais são as pulsões fundamentais do ser humano?

Freud, no princípio de sua teoria, distinguia várias pulsões distintas que, com o aprimoramento da teoria, foram reduzidas a duas pulsões básicas (em língua alemã, Urtriebe): eros, ou pulsão sexual, para a vida, e tânatos, ou pulsão agressiva, de morte.

Qual a origem da pulsão?

O CONCEITO DE PULSÃO (TRIEB) NA METAPSICOLOGIA FREUDIANA. No artigo A pulsão e seus destinos, Freud indica que “a pulsão tem origem no corpo, considerada como um estímulo para o psíquico, algo que, de fora, exige um trabalho do aparelho psíquico levando-o a funcionar” (FREUD, 1996b, p. 129).

Quais são as 4 características da pulsão?

Freud recordou, inicialmente, o caráter limítrofe (entre o psíquico e o somático) da pulsão, representante psíquico das excitações provenientes do corpo e que chegam ao psiquismo. Em seguida, descreveu as quatro características da pulsão: a “força” ou “pressão”, o “alvo”, o “objeto” e a “fonte”.

Qual seria um dos principais sintomas associados a pulsão de morte?

Na atualidade, sintomas emergem trazendo em seu bojo as marcas inconfundíveis da pulsão de morte. Dentre tais sintomas, destaca-se nessa pesquisa a anorexia e a bulimia.

O que é repetição para a psicanálise?

Repetição é um dos conceitos fundamentais da psicanálise. O caráter compulsivo da repetição está ligado à pulsão de morte: pura quantidade, afetos sem representações, projetados a esmo, furiosamente. O sujeito é impelido, contra sua vontade, a re-editar novas edições de acontecimentos traumáticos.

Como descobrir o índice de refração?

O que é linfonodos na face?

Qual a diferença entre inteligência artificial e Internet das Coisas?

O que são acordes de passagem?

Leave a Comment